Pôster Eletrônico

22/11/2021 - 09:00 - 18:00
PE41 - Epidemiologia social e determinantes sociais em saúde (TODOS OS DIAS)

33153 - ATENDIMENTOS EM SAÚDE ÀS POPULAÇÕES RIBEIRINHAS VIVENDO AS MARGENS DO RIO AMAZONAS, AMAPÁ
ELIZABETH REGINA DE MELO CABRAL - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, FABIANO BORTOLOTI FARIA JUNIOR - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, JOÃO PEDRO ADACHI VEDOVELLI DE ARAUJO - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, FELIPE QUEIROZ SABBAG - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, MATHEUS PERUGINI ROCHA - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, HILKIAS ADACHI ARAUJO - MÉDICO OFTALMOLOGISTA, MACAPÁ, AMAPÁ, SILVANA VEDOVELLI - PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MACAPÁ, AMAPÁ, IVONE DA SILVA DUARTE - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, FÁBIO LUIZ D`ALEXANDRI - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS, DANIEL NAVA - FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC ARARAS


Introdução: A população ribeirinha residente as margens do Rio Amazonas (Amapá, Brasil), possuem particularidades relacionadas ao processo de saúde-doença, necessidades socioepidemiológicas e representa um desafio para o atendimento dos profissionais do Sistema Único de Saúde. Objetivos: Descrever os resultados da assistência à saúde aos ribeirinhos da região ao longo do Rio Amazonas, Amapá, Brasil, atendidos durante expedição em 2020. Método: Estudo descritivo transversal. A equipe que realizou os atendimentos era composta por médicos, dentistas, enfermeira e estudantes de medicina, que atuam em uma faculdade localizada no interior do estado de São Paulo. Resultados: Foram realizados atendimentos de especialidades médicas (clínica médica, ginecologia, pediatria, dermatologia e ultrassonografia), de enfermagem e consultas odontológicas gratuitas, sendo atendidos diretamente 1.775 residentes ribeirinhos e indiretamente um pouco mais de 4.500 pessoas. Também foram realizadas ações coletivas de educação em saúde, abordando temas como saúde bucal, escabiose (sarna), pediculose (piolho), primeiros socorros, hipertensão, diabetes, prevenção às infecções sexualmente transmissíveis e métodos contraceptivos. Mais de 300 pacientes receberam kits com escova e creme dental e foram instruídas quanto à saúde bucal. Conclusão: A expedição levantou dados sobre populações isoladas, revelando suas necessidades e proporcionou experiência inovadora no ensino médico, considerando o entendimento do processo saúde-doença, dos cuidados integrais e humanitários. Conclusão: Proporcionar aos estudantes de medicina um olhar sobre comunidades que vivem em isolamento geográfico. Há necessidade de aprimorar o acesso a serviços básicos e essenciais as populações ribeirinhas.

Trabalhos Científicos

Veja as regras para envio dos resumos e fique atento aos prazos.

SAIBA MAIS
Programação Científica

Consulte a programação completa das palestras e cursos disponíveis.

SAIBA MAIS
Informações Importantes

Informe-se!
Veja as últimas notícias!

SAIBA MAIS