Pôster Eletrônico

22/11/2021 - 09:00 - 18:00
PE41 - Epidemiologia social e determinantes sociais em saúde (TODOS OS DIAS)

37640 - DESIGUALDADES RACIAIS NA MORTALIDADE
MARILISA BERTI DE AZEVEDO BARROS - DSC - FCM- UNICAMP, SOLANGE DUARTE DE MATTOS ALMEIDA - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMPINAS, MARGARETH GUIMARÃES LIMA - DSC- FCM-UNICAMP, ANDREA PAULA BRUNO VON ZUBEN - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMPINAS, SAMANTHA HASEGAWA FARIAS - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA - UNICAMP, JULIANA NATIVIO - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMPINAS, MARIA DO CARMO FERREIRA - PROGRAMA DEPÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA - UNICAMP, ANA PAULA BELON - UNIVERSIDADE DE ALBERTA, CANADÁ


Objetivo – Analisar as desigualdades raciais no perfil da mortalidade da população do município de Campinas, SP. Métodos – Foram estimadas taxas padronizadas e razões entre taxas de mortalidade segundo raça-cor, com informações do SIM e dados populacionais disponibilizados pela SMS do município, relativas ao período de 2014 a 2018. Resultados: Importante desigualdade racial foi constatada na distribuição da população pelo território urbano do município. As taxas de mortalidade dos homens negros são 60% maiores que dos brancos, entre 10 e 19 anos, e das mulheres negras 40% mais elevadas que das brancas entre 40 e 49 anos. Abaixo dos 10 anos de idade as taxas são mais elevadas na população branca e, na faixa de 10 a 19 anos, as taxas das mulheres brancas são superiores às das mulheres negras. As taxas padronizadas de mortes por homicídios, acidentes de trânsito, câncer de estômago, próstata e colo de útero e por acidente vascular cerebral são mais elevadas na população negra, e as taxas de suicídio, quedas, câncer de pulmão, de cólon e de mama são maiores na população branca; as taxas por doença isquêmica do coração não apresentam diferenças raciais; a taxa de mortalidade por câncer de fígado é mais elevada nos homens negros em comparação aos brancos, e de mortalidade por aids mais elevadas nas mulheres negras em comparação às brancas. Conclusão: As desigualdades raciais diferenciam-se segundo a idade, o sexo e a causa básica da morte, e precisam ser consideradas nas ações de saúde desenvolvidas nas diferentes regiões do município.

Trabalhos Científicos

Veja as regras para envio dos resumos e fique atento aos prazos.

SAIBA MAIS
Programação Científica

Consulte a programação completa das palestras e cursos disponíveis.

SAIBA MAIS
Informações Importantes

Informe-se!
Veja as últimas notícias!

SAIBA MAIS